quinta-feira, 24 de abril de 2014

Ela cuspiu!!!

Da seção: "causos de criança"  :)

(Afinal, têm muita história essas minhas filhas...)

Júlia, minha filha mais nova, é uma menina muito afetuosa e também muito divertida.
Algumas postagens atrás, contei de como a Lis, minha filha mais velha, gostava de ver e ouvir as palhaçadas da Júlia pra poder rir à vontade, como ela gosta de fazer até hoje.

Aí vai uma das histórias da nossa Juju:

Estávamos no ano de 1999, em dezembro. Morávamos na cidade de Hannover, Alemanha. Júlia estava com quase 4 anos.
Dezembro na Alemenha - frio, neve, mas também uma atmosfera particular e aconchegante de Natal no ar!
Fomos convidados pelo orientador do meu marido, Herr Hau, pra lancharmos em sua casa. Sua esposa era uma delicadeza de pessoa, uma senhora muito amável e super talentosa.
Chegamos lá, conversamos um pouco e então nos sentamos à mesa pra lanchar. Frau Hau havia preparado um lugar todo especial para as crianças. Cada uma tinha o seu pratinho, com um presentinho ao lado confeccionado por ela, guardanapo com motivos natalinos infantis, uma canequinha de natal que elas também levariam pra casa de presente e ainda um pirulito de chocolate. Júlia ficou extasiada, olhando tudo aquilo com um brilho intenso nos olhos. 
Se sentindo já bem à vontade (isso nunca demorava muito), Júlia começou a chamar Frau Hau pra cá, Frau Hau pra lá, até que Frau Hau sorriu, olhou pra ela e disse: "Meu nome é Heiwig, você não precisa me chamar de Frau Hau". Júlia sorriu de volta e adorou a observação, que a fez se sentir ainda mais à vontade... e Júlia à vontade podia também representar algum perigo, por isso fiquei de olho! rs
Depois do lanche, Frau Hau serviu um bolo delicioso de maçã. Júlia comeu a primeira colherada, sendo acompanhada pelo olhar sorridente de sua "amiga" Heiwig que observava se ela iria gostar. Ficou com aquilo na boca... e eu pensei: "lá vem!". Júlia enrolou mais um pouco querendo cuspir o pedaço de bolo e eu tentando fazer ela entender no meu olhar o grito de "não faça isso!", mas não teve jeito... ela cuspiu aquela meleca no prato! E como se não bastasse, veio até mim, subiu no meu colo, segurou meu rosto com as duas mãos para que eu olhasse diretamente pra ela (e ela estava com uma cara de brava muito engraçada!) e disse: "Mãe, você NUNCA faz esse bolo lá em casa, tá?". Fiquei sem lugar e quando vi, a Lis estava com o olho arregalado, olhando pra mim como se dissesse: "E agora?". Achei que ela iria escorregar pra debaixo da mesa de vergonha da irmã! rs
Ainda assim, ao final da visita, Frau Hau deu pra cada uma um Papai Noel de chocolate enoooorme!
Se fosse eu, teria boicotado o Papai Noel de chocolate da Júlia!

4 comentários:

  1. Gente, a frau Hau tem muita sorte com as crianças brasileiras. Da vez que nós fomos lá, alguns anos antes da Juju... a Elisa fez xixi no tapete branco todo felpudo da sala. kkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Essa é a Juju sempre muito divertida!! Adorooooo crianças!!!

    ResponderExcluir