sábado, 16 de março de 2013

Colecionando sorrisos

 (título plagiado da Lilisa!)

Hoje colecionei alguns sorrisos quando caminhava sob o sol fraquinho da manhã...
Minha filha mais nova me emprestou o i-pod pra caminhada... sorri ao perceber que ela tem uma pasta com MEU nome no i-pod DELA! :)
Na caminhada, sorri ao ouvir Bob McFerrin cantar Bob Marley - "... In every life we have some trouble. When you worry you make it double. Don't worry, be happy!"
Sorri ao me lembrar que meu marido chega hoje de viagem, depois de uma semana ausente,  e cheio de saudades e de novidades sobre seu CD!
Sorri também quando me peguei meio que nem aquela velhinha linda que dançava livre, leve e solta ao som de sua música preferida!
Sorri ao ver meu querido amigo Marquinhos no supermercado, quando lá passei pra comprar pão - afinal nada melhor do que um café com pão e manteiga! - e também ao escolher a batata, lembrando que vou comer o MEU purê no almoço! Yees!
E sorri ainda ao achar, lá no mercado mesmo, uma tesoura de frango (excelente!) como presente para a Lorena, que tem seu chá de panela hoje... não vou precisar mais sair de casa de manhã!
Já em casa, sorri ao ver, depois de anos, minha filha mais velha sentada ao piano tocando Bach! E sorri com vontade!!!!
Sorri ao beber meu café SENTADA, comendo meu pão com manteiga e lembrando com saudades da casa da minha vó!
Sorri ao ouvir, por meio do blog de um amigo, o Tim Maia cantando ao vivo "é primaveeeeeeera... te amo!", "ee eeeeeeu, gostava tanto de você-êê!", e também dizendo que ia parar de comer (!) e agradecendo seu vocal pela voz! Figura, esse Tim Maia!
Sorri ao perceber que a asinha de frango já estava temperada... era só colocar no forno!
Sorri quando a filha mais velha ligou dizendo que além do Luan, namorado da mais nova, a Cela e o Bruno também vinham almoçar! Saudades da Cela sumida!
E, apesar de o tênis de caminhada novo ter ficado pequeno com a palmilha ortopédica e o fio do fone da Juju ter agarrado na marcha do carro quando fui abrir a porta e ter arrebentado, constato mais uma vez que "é mesmo o simples que me faz sorrir!"

5 comentários:

  1. E eu sorri ao ler seu texto!
    Vida longa ao blog, Marô!
    Muito bom ter visitado seu espaço!

    ResponderExcluir
  2. AHH... as pequenas coisas da vida que nos fazem sorrir!
    Belo texto! Ganha pela densidade da simplicidade (:

    Bjo, mãerô!

    ResponderExcluir